Catapora na Gravidez – Informações

Informações necessários e cuidados com a Catapora na Gravidez

Quando falamos em gravidez, logo vemos que se trata de um assunto muito delicado. Os cuidados a serem tomados são muitos, e as responsabilidades aumentam drasticamente. Uma gravidez é algo incrível, porém, existem várias coisas que podem fazê-la passar por sérios problemas e causar complicações, tanto para a mãe como para o bebê.

Uma das complicações que exigem bastante atenção durante o período de gestação são as doenças. Nesse artigo, falaremos especificamente sobre a catapora na gravidez.

catapora gravidez Catapora na Gravidez   Informações

As dúvidas são várias quando se fala da doença no período de gestação. Vamos tentar resolver, resumidamente, a maioria dessas dúvidas.

Primeiramente, no que diz respeito ao risco: Quando à saúde da mulher, a catapora é mais grave, apresenta mais riscos, durante a gravidez. Quando falamos na saúde das crianças, o risco dos danos que a doença poderá causar depende do tempo de gestação.

Antes das 13 semanas, o risco para o bebê é realmente muito pequeno. Entre a 13ª e a 20ª semana, os riscos já aumentam, dando à criança riscos maiores de ter algumas complicações. Entre a 20ª e a 36ª semana, o bebê, geralmente, não corre nenhum risco, a não ser o de possuir herpes zóster nos primeiros anos de sua vida. Depois desse período, os riscos aumentam novamente, e quando a catapora é adquirida perto do parto, o bebê corre riscos bastante sérios.

Para aquelas mães que já tiveram a doença na infância, a preocupação é, muito provavelmente, desnecessária. Caso a mulher não lembre ou não tenha contraído a catapora antes, é bom evitar pessoas que estejam com a doença, ou com herpes zóster, mesmo vírus causador da catapora.

Para quem pensa em fazer a vacina contra a catapora, vale lembrar que a mesma deve ser feita antes da gravidez, e a mulher deverá esperar três meses para tentar engravidar.

Tudo sobre Catapora


Deixe um Comentário

Seu comentário